Gervásio participa de reunião que discute reclusão de até quatro anos para maus-tratos contra animais*

O deputado federal Gervásio Maia (PSB/PB), participou nesta terça-feira (11), da reunião sobre o projeto de Lei 1095/19, que altera a Lei dos Crimes Ambientais (9.605/98) para aumentar da punição aplicada a quem pratica maus-tratos, fere ou mutila animais. A medida abrange animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos

De acordo com o texto do Projeto de Lei, a pena nesses casos passará a ser de 1 ano a 4 anos de reclusão (regime fechado) e multa. A pena atual é de 3 meses a 1 ano de detenção e multa.

Para Gervásio, a alteração na Lei se faz necessária e urgente. “É preciso endurecer as Leis para que covardes que envenenam, espancam e mutilam animais não passem mais impunes. Nos últimos dias na Paraíba, mais uma denúncia grave de extermínio de cães. Infelizmente, vemos todos os dias essa crueldade”, ressaltou o parlamentar.

 

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste