Netinho diz que enfiou 23 milhões no rabo de Emerson Panta

O ex-prefeito Netinho, de Santa Rita, chamou o prefeito Panta para o ringue, através de desafio postado nas redes sociais. Acuado por boatos que, segundo Netinho, estão sendo espalhados por determinação de Panta, a seu respeito,  ex-prefeito foi no gogó do seu rival:

-Tire bastante graça com minha cara, eu não tenho o que perder”.

Ele manda o prefeito e seus assessores “se fuder”, diz que ele, o prefeito, não tem coragem pra falar e fica mandando uma meia dúzia de babões fazer o serviço por ele e termina mandando todo mundo ir pra merda.

Mas a Canindé, a quem identifica como o serviçal do prefeito encarregado de espalhar boatos a seu respeito, Netinho reserva uma informação toda especial: – Dos 43 milhões que vocês dizem que andei espalhando, 20 milhões eu enfiei no teu rabo e os outros 23 milhões, no rabo do teu patrão.”

Os áudios estão aí. Deleitem-se.

1 Comentário On Netinho diz que enfiou 23 milhões no rabo de Emerson Panta

  • As próximas eleições municipais serão um su…. O nível dos debates será digno do guiness.
    Já imagino a “beleza” dos jingles das campanhas. As crianças terão que usar protetor de
    ouvidos para que não sofram influências “ideológicas” tão perigosas.
    Para facilitar a identificação, para os eleitores, os futuros candidatos deveriam pedir
    ao TRE a inclusão das “alcunhas” ao seu nome como candidato. Ficaria bem de acordo
    com os “elogios” que, agora, trocam entre sí. Candidato fulano 20 milhões no rabo,
    candidato sicrano 23 milhões no rabo….. e em Jampa o repertório seria vasto……. e em
    Campina Grande os poetas estariam inspirados…. e pelo Agreste, pelo Sertão, pelo
    Cariri……

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste