Primeira-dama conhece trabalhos desenvolvidos pela Aspan e Rede Feminina de Combate ao Câncer

A primeira-dama Ana Maria Sales Lins visitou, nesta quinta-feira (24), a Associação Promocional do Ancião (Aspan) e a Rede Feminina de Combate ao Câncer, ambas sediadas em João Pessoa. As visitas tiveram o objetivo de conhecer a realidade das instituições que são beneficiadas pela gestão estadual por meio do projeto Acolher e do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba (Funcep).

Ela esteve acompanhada da diretora executiva do Sistema Único de Assistência Social da Secretaria de Desenvolvimento Humano, Patrícia Oliveira; e da assistente social, Adrianny Gomes.

Na Aspan, a primeira-dama foi recepcionada pelo diretor-financeiro da instituição, Hertyson Cândido, e por funcionários que apresentaram todas as instalações do local e o trabalho desenvolvido com os 58 idosos atendidos pela casa de longa permanência.

Na ocasião, ela garantiu o empenho para aprimorar e ampliar as parcerias já disponibilizadas pelo Estado às instituições que acolhem pessoas em situação de vulnerabilidade. “O trabalho desenvolvido por essas instituições é de extrema importância para pessoas que carecem de uma atenção redobrada e diferenciada e iniciamos essas visitas para reforçar o nosso compromisso pelo bem-estar do cidadão que mais precisa do olhar do poder público”, ressaltou.

O diretor-financeiro da Aspan, Hertyson Cândido, agradeceu a visita da primeira-dama e destacou a importância do projeto Acolher para a manutenção da entidade. “Para nós, a ajuda do Projeto Acolher é muito bem vinda porque muitas coisas não teríamos condições de realizar por sermos uma instituição filantrópica e que vive totalmente de doações”, enalteceu.

O aposentado Edson Pequeno, que promove tardes de recreações com os idosos, por meio da música, falou da satisfação de ser voluntário. “Eu assumi esse compromisso desde o ano passado e todas as terças e quintas-feiras, faço esse momento de recreação que tem sido muito gratificante porque é muito bom ver a alegria dos idosos que dançam e participam do karaokê”, disse.

Beneficiada com recursos do projeto Acolher, que somam mais de R$ 338 mil ao longo dos últimos quatro anos, a Aspan teve condições de promover reformas em suas instalações, de adquirir mobílias e de comprar alimentos. Além disso, a entidade também conta com uma parceria com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) por meio da qual os consumidores que desejam contribuir com a Associação podem fazer doações, a partir de R$ 1,50, que são descontadas na conta de água.

Na Rede Feminina de Combate ao Câncer, a primeira-dama Ana Maria Sales Lins foi recebida pela presidente da entidade, Márcia Serpa; pela vice-presidente, Suzana Melo; e pela tesoureira, Graça Brito. Ela também conheceu o local que disponibiliza 43 leitos a pacientes que se deslocam de vários municípios da Paraíba para se submeter a tratamentos médicos no Hospital Napoleão Laureano.

“É muito bom acompanhar gestos de solidariedade, de amor ao próximo e de saber que cerca de 300 pessoas se colocam como voluntárias para ajudar quem tanto precisa. Nós estamos aqui também para abraçar essa causa tão bonita e que também temos a responsabilidade de colaborar para que o atendimento melhore cada vez mais”, disse.

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Márcia Serpa, afirmou que a visita da primeira-dama demonstra o interesse do governo de fortalecer entidades sérias e comprometidas com a sociedade. Ela também agradeceu o convênio firmado com o Estado por meio do Funcep.

“O dinheiro do Funcep garante a sobrevivência da instituição. É com ele que compramos alimentação. Além dos 600 cafés da manhã distribuídos a pessoas que vão se consultar ou fazer exames no hospital Napoleão Laureano, nós oferecemos na Casa de Apoio seis refeições diárias; por isso que é importante as visitas de representantes do poder público às instituições”, enfatizou.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste