Da nova série “Os Campeões da Informação” : Paulo Rosendo, a voz que encantava

Sua voz era poderosa e quando bradava anunciando o Informativo Tabajara, todos prestavam atenção.

Uma das vozes mais bonitas do rádio brasileiro, afirmo sem ter medo de cometer exagero.

Se não fosse radialista, com certeza seria cantor. E Nelson Gonçalves que se cuidasse.

Já na idade adulta, puxando para a velhice, ganhou um emprego de agente fiscal das mãos de Wilson Braga.

Por isso não viveu aperreado como muitos dos seus colegas de sofrência radiofônica.

Paulo Rosendo era, também, boêmio.

Ao seu lado, participei de farras homéricas.

A sua simpatia tomava conta de qualquer ambiente.

Quem o conhecia pela voz, se surpreendia, no entanto, quando o avistava, preto, meio desengonçado e com uma leve barriga a enfeitar-lhe a paisagem.

Lembro daquela vez em que eu ia pelo Viaduto Damásio Franca ao lado de dona Cacilda, minha mulher, e ao passar por Paulo acenei e cumprimentei:

-Diga aí, Paulo Rosendo!”

Dona Cacilda, surpresa, perguntou:

-E esse aí é Paulo Rosendo?!

Diante da confirmação, não se conteve:

-Pois eu imaginava que ele era um galego atlético e bonitão.

4 Comentário On Da nova série “Os Campeões da Informação” : Paulo Rosendo, a voz que encantava

  • Antes de ingressar no rádio já acompanhava Paulo Rosendo nos noticiários da Tabajara. Quando entrei na emissora nos idos de 83 fiz logo amizade com ele. Apresentamos juntos o Jornal Estadual. Ele fazia dupla com Bolinha. Quando Bolinha atrasava ele me levava para os estúdios. Muitas vezes eu já estava no ar quando Bolinha chegava.

  • José Tarcízio Fernandes

    Alimentava de notícias nacionais e internacionais o “Informativo Tabajara”, no tempo em que fui “tradutor de telegrama”, da Rádio, sob o comando de Adalberto Barreto, nos idos de 1959 (?) a 1963. Dava gosto ouvir o vozeirão de Paulo Rosendo e o som da característica de abertura e término do noticiário. Uma beleza.

  • Em matéria de voz, Cardivando é muito melhor que o saudoso Paulo Rosendo. Tu cai daí !! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Caro amigo Tião.
    Magnífica ideia a do nobre amigo em relembrar as grandes vozes da radiodifusão da nossa Paraíba que hoje fazem suas vozes vibrarem no andar de cima. Que bom seria incluir no seu magnífico artigo o nosso saudoso Gilberto Patrício da Rádio Tabajara que brilhou nos anos 60 )70. Parabéns por sua grande idéia. Um fraternal abraço do amigo Roosevelt Leitão.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles