A Paraiba perde o grande Miguel Levino

Morreu na madrugada de hoje o desembargador aposentado Miguel Levino de Oliveira Ramos. Perto de completar 94 anos de idade, ele serviu à Magistratura paraibana por 40 anos.

O desembargador Márcio Murilo, filho de Miguel Levino, informou que ele estava internado no hospital Samaritano com infecção urinária, mas a causa da morte mesmo foi ataque cardiaco fulminante. “Graças a Deus não teve sofrimento em UTI”, afirmou.

Segundo ele, o corpo será cremado no Caminho da Paz, em Cabedelo, no período da tarde. “Fica a saudade sem limites”, disse o desembargador Márcio Murilo.

1 Comentário On A Paraiba perde o grande Miguel Levino

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste