Mais um juiz vota pela elegibilidade de Ricardo Coutinho e o dispensa do pagamento da multa de 50 mil reais

O Tribunal Regional Eleitoral deu prosseguimento hoje ao julgamento da chamada Aije do Empreender. O juiz Antonio Carneiro, que pedira vistas do processo na semana passada, apresentou seu voto, acompanhando o do relator José Ricardo Porto pela elegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho, mas desobrigando-o do pagamento da multa aplicada pelo outro magistrado na semana passada.

O julgamento, porém, não terminou, em razão do pedido de vistas da juiza Micheline Jatobá. Ficou para a próxima quinta-feira.

O placar, agora, é de dois a zero para o ex-governador Ricardo Coutinho.

Os que querem tornar Ricardo inelegível agem assim por temerem a sua candidatura a prefeito. Na impossibilidade de derrotá-lo no voto, apelam para uma aventura jurídica que tem tudo para ser desmascarada e deixá-los cientes de que a democracia não pode conviver com o tapetão.

3 Comentário On Mais um juiz vota pela elegibilidade de Ricardo Coutinho e o dispensa do pagamento da multa de 50 mil reais

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste