Tem gado na pista!

Os registros de animais soltos em plena via de rolamento da PB 276, que liga os municípios de São José do Bonfim e Mãe D´       água, estão cada vez mais constantes. Na manhã desta sexta-feira, dia 28, mais um desfile de gado foi presenciado por condutores.

Além de bovinos, os registros de jumentos, cabras e cavalos também vem sendo presenciado e denunciado, mas as providências por parte das autoridades públicas e dos próprios donos dosanimais até agora não foram tomadas e o risco na trafegabilidade tem sido constante.

A maior frequência de amimais soltos está entre os sítios Alecrim e Três Juás. Os acidentes vez por outra acontecem e os motoristas tem redobrado a atenção na PB 276.

Em contato com Madiel Conserva, diretor do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba, Residência Patos (DER-PB/Patos), a reportagem foi informada que a situação é, de fato, preocupante. Madiel disse que já alertou alguns donos de animais e espera que em 2019 o DER-PB adquira mecanismos de fazer a captura desses animais, pois o Estado não dispõe ainda por diversas questões que envolve tal atividade.

Enquanto o Estado da Paraíba não providencia a captura de animais soltos nas rodovias sob sua responsabilidade, a cena de animais soltos e de acidentes envolvendo estes mesmos animais não estão difíceis de serem presenciadas.(Do Patosonline.com)

 

1 Comentário On Tem gado na pista!

  • Nobre Tião, na rodovia PB-111 no trecho que liga Solânea a Cacimba de Dentro sempre tem animais na pista. Principalmente próximo do lixão e próximo da ponte sobre o Rio Curimataú. Já vi bois, bodes, cavalos. As pessoas soltam os animais e pouco se importam se vai causar algum acidente ou algo parecido.

Deixe uma resposta:

Seu endereço de e-mail não será mostrado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sliding Sidebar

Sobre Tião Lucena

Sobre Tião Lucena

Tião Lucena, nascido e criado no Sertão, é jornalista desde 1975, tendo começado em A União como repórter e trabalhado em O Norte, no Correio da Paraíba, no Jornal O Momento e no jornal de Agá.

Social Profiles

teste